Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


REFERÊNCIA ELOGIOSA - INDICAÇÃO

 CÂMARA DOS DEPUTADOS

Processo/SF- 001374/09-5
Protocolo/Senado Federal



Excelentíssimo Senhor
Senador José Sarney
Presidente do Senado Federal



          Senhor Presidente,


          Cumprimentando-o por mais essa justa e merecida vitória, resultado da credibilidade e confiança alicerçada na sua exemplar e invejável carreira política, venho expor e solicitar o seguinte:

          Em todos os campos da atividade humana existem dois tipos de profissionais: os que se acomodam no cumprimento de suas tarefas cotidianas, amparando-se na tranquilidade e no conforto da mesmice, e os que arriscam sua posição, sua imagem e seu prestígio criando alternativas para aprimorar seu setor de trabalho. Os primeiros, como não se expõem, nem correm riscos, passam longe do dissabor de uma derrota, mas jamais colhem os louros de uma vitória. Os segundos, possuidores da inquietude característica das mentes inovadoras, são pessoas dinâmicas, que não se satisfazem em cumprir suas atribuições de forma robótica, pois estão sempre buscando o aprimoramento da instituição que integram. Altruístas, pensam na coletividade, projetam seus pensamentos em um futuro que talvez nem alcancem, mas empenham-se em promover medidas que trarão benefícios a muitas pessoas. Felizes são as organizações que contam com servidores dessa desenvoltura, pois eles impedem a estagnação que dificulta as mudanças internas, tão necessárias às exigências de um ambiente externo moderno e globalizado.

          Embora a 1ª Constituição Imperial, em 1824, em seu artigo 21, previsse o estabelecimento de uma “polícia interior”, texto que foi mantido nas demais constituições, o Congresso Nacional seguiu carecendo de um corpo de segurança próprio, integrado por profissionais que fossem especialistas na complexidade e nas peculiaridades do funcionamento do poder legislativo.

          Esta Casa é uma instituição aberta ao acesso do povo, e não poderia existir de outra forma, pois ele é seu cliente primordial. Porém, a liberdade de acompanhamento dos trabalhos aqui realizados não pode prescindir de uma segurança patrimonial e, sobretudo, é indispensável que se conceda aos parlamentares a garantia de sua segurança física para o bom desempenho de suas funções.
          Constatadas essas necessidades, durante muitos anos, mais precisamente até meados de 1985, a segurança do Congresso foi provida por um grupo de servidores não especializados, que, embora dedicados às suas funções, não constituíam uma organização coesa, voltada especificamente para as particularidades inerentes às demandas desta Casa.

          Com todas essas questões em mente, o então agente de segurança do Senado Federal, nos idos de 1993, quando estava à frente da Associação da Polícia do Congresso Nacional, passou a estudar o problema com afinco e profundidade. Fazendo jus ao seu passado recente de fuzileiro naval e bombeiro militar, dedicou-se com todo empenho ao cumprimento da missão que atribuiu a si próprio, criar uma.Polícia Legislativa Federal. Nesse sentido, tive a satisfação de apoiá-lo durante meu mandato de Presidente da Câmara dos Deputados.Doc. em anexo)

          É, pois, por questão de justiça, reconhecimento e gratidão que deixo registrados os agradecimentos do Congresso Nacional ao policial legislativo federal do Senado, Rubens de Araújo Lima. Se hoje contamos com uma organização policial própria, reconhecida e estruturada especificamente para o cumprimento da missão que lhe é atribuída no Regimento Interno das duas Casas do Legislativo Federal, muito devemos à sua iniciativa e ao seu espírito de corpo. Ainda imbuído da mesma motivação que o impulsionou a lutar de forma incansável pela criação da Polícia Legislativa, Rubens de Araújo Lima não limita esforços para mantê-la cada vez mais profissional e torná-la admirada e respeitada.

          É com orgulho e satisfação que, em meu nome e em nome dos meus pares, apresento este elogio formal/individual ao policial legislativo do Senado Rubens de Araújo Lima, a fim de que conste dos seus assentamentos Funcionais. Oportunidade em que subscrevo, juntamente com os demais Parlamentares, o seu nome para o cargo de Diretor da Polícia Legislativa do Senado Federal, na certeza de que saberá, de forma profissional, bem dirigir os destinos da não tão jovem organização policial do poder legislativo.

          Sendo o que nos movia no momento, aproveito esta oportunidade para expressar a Vossa Excelência os protestos de minha mais elevada estima e distinta consideração.

Brasília, 02 de fevereiro de 2009.

Dep. INOCÊNCIO OLIVEIRA  – PR/PE
2º Secretário da Câmara dos Deputados
Dep. Federal Inocêncio Oliveira
Enviado por Rubens Lima em 03/02/2009
Alterado em 07/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras